Posts tagged poema

A amizade…

Uma criança muito suja atira pedras a um cão. O cão não foge. Esquiva-se e vem até junto da criança para lhe lamber o rosto.

Há, depois, um abraço apertado, de compreensão e de amizade. E lado a lado, com a mãozinha muito suja no pescoço felpudo, lá vão, pela rua estreita, em direcção ao sol.

António Salvado, in “Cicatriz”

Pensamento retirado do site Citador

Amizade...

Amizade sem cores e raças

A amizade nasceu “crua”, mas encontrou a tolerância, que a convenceu de que se esta convivesse com o compreensão, pois certamente daria outro sentido à sua vida. Esta assim fez, conviveu com a compreensão e deu-se a conhecer, e tentou conhece-la também. Estabeleceram uma relação de confiança mútua de tal forma que a amizade cresceu, cresceu e até a compreensão cresceu de tal forma que apesar de não haver um sentimento de amor, no sentido puro da palavra, este tinha um verdadeiro sentido de amor, pois amizade e compreensão não fazem mal a ninguém. O elo que liga a amizade, a compreensão e o amor é a tolerância que deve reger as relações entre as diversas pessoas,  pois nem todos temos os mesmos gostos, mas mesmo assim devemos estabelecer o quanto possivel uma relação de tolerância que pode evoluir para a amizade e na sua ultima etapa no amor, que é o expoente máximo da amizade


Comments (1) »

Dia do Pai

Hoje os nossos meninos quiseram presentear os seus pais com um lindo poema de José Jorge Letria, o qual foi lido pelos meninos que já sabem ler. Encontre esta novidade na secção dos “Leitores do Mundo“. Oiça como tal bela é a leitura de um poema feita pelas crianças.

Leave a comment »