Posts tagged dia

Dia da Escola

O dia 9 de Junho foi bastante empolgante.

Para além do Torneio SuperTmatik, do ensaio geral da Tuna com capas lindas, também nos deslocámos ao ginásio para colaborar com a professora Margarida no projecto “Activ’art”, que consistia na construção de um castelo em que tínhamos que encaixar caixas de cartão. Tarefa difícil!

Nós, os Minorcas iniciámos, os mais velhos terminaram.

O produto final foi magnífico!

Decoração do Sarau - Castelo do Rei Wamba

Decoração Final do Sarau - Castelo do Rei Wamba

Leave a comment »

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

A História obriga-nos a honrar a memória de Luís de Camões…


bandeira nacional de Portugal

Bandeira Nacional de Portugal

O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, celebrado a 10 de Junho, é o dia em que se assinala a morte de Luís Vaz de Camões em 1580, e também um feriado nacional de Portugal.

Durante o regime ditatorial do Estado Novo de 1933 até à Revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974, era celebrado como o Dia da Raça: a raça portuguesa ou os portugueses.

Origens

Na sequência dos trabalhos legislativos após a Proclamação da República Portuguesa de 5 de Outubro de 1910, foi publicado um decreto em 12 de Outubro estipulando os feriados nacionais. Alguns feriados foram eliminados, particularmente os religiosos, de modo a diminuir a influência da igreja católica e laicizar a sociedade.

Neste decreto ficaram consignados os feriados de 1 de Janeiro, Dia da Fraternidade Universal; 31 de Janeiro, que evocava a revolução falhada do Porto, e portanto foi consagrado aos mártires da República; 5 de Outubro, Dia dos heróis da República; 1 de Dezembro, o Dia da Autonomia (Restauração da Independência) e o Dia da Bandeira; e 25 de Dezembro, que passou a ser considerado o Dia da Família, tentando também laicizar a festa religiosa do Natal.

O decreto de 12 de Junho dava ainda a possibilidade de os municípios e concelhos escolherem um dia do ano que representasse as suas festas tradicionais e municipais. Lisboa escolheu para feriado municipal o 10 de Junho, em honra de Camões, uma vez que a data é apontada como sendo a da morte do poeta que escreveu Os Lusíadas.

Dia de Camões

Luís de Camões representava o génio da pátria na sua dimensão mais esplendorosa, significado que os republicanos atribuíam ao 10 de Junho, apesar de nos primeiros anos da república ser um feriado exclusivamente municipal. Com o 10 de Junho, os republicanos de Lisboa tentaram evocar a glória das comemorações camonianas de 1880, uma das primeiras manifestações das massas republicanas em plena monarquia.

Dia da Raça e Dia das Comunidades

O 10 de Junho começou a ser particularmente exaltado com o Estado Novo, o regime instituído em Portugal em 1933 sob a direcção de António de Oliveira Salazar. Foi a partir desta época que o dia de Camões passou a ser festejado a nível nacional. A generalização dessas comemorações deveu-se bastante à cobertura dos meios de comunicação social.

Durante o Estado Novo, o 10 de Junho continuou sendo o Dia de Camões. O regime apropriou-se de determinados heróis da república, não no sentido laico que os republicanos pretendiam, mas num sentido nacionalista e de comemoração colectiva histórica e propagandística.

Até ao 25 de Abril de 1974, o 10 de Junho era conhecido como o Dia de Camões, de Portugal e da Raça, este último epíteto criado por Salazar na inauguração do Estádio Nacional do Jamor em 1944 em memória das vítimas da Guerra Colonial Portuguesa. A partir de 1963, o 10 de Junho tornou-se numa homenagem às Forças Armadas Portuguesas, numa exaltação da guerra e do poder colonial. Com uma filosofia diferente, a Terceira República converteu-o no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em 1978.

(…)

Texto retirado e adaptado a partir do site Wikipédia – Dia de Portugal

Camões

Camões

Luís Vaz de Camões (Data de nascimento: provavelmente entre 1517 e 1524 — Data de falecimento: 10 de Junho de 1580) é frequentemente considerado como o maior poeta de língua portuguesa e dos maiores da Humanidade. O seu génio é comparável ao de Virgílio, Dante, Cervantes ou Shakespeare. Das suas obras, a epopéia Os Lusíadas é a mais significativa.

Texto retirado do site Sapo – Saber

Bandeiras dos Países de Língua Portuguesa

Bandeiras dos Países de Língua Portuguesa

No passado quando os portugueses foram os quase donos do mundo, tal como já foi descrito Luís Vaz de Camões, escreveu uma magnifica obra à qual chamou de “Os Lusíadas”, que nos dão a conhecer a História de Portugal desde o início da nacionalidade até ao reinado de D. Manuel I. Este ano no Dia da Poesia, no dia 22 de Março de 2009, aconteceu no Centro Cultural de Belém, uma Maratona de Leitura de “Os Lusíadas”. No vídeo que se segue pode assistir à sessão de apresentação por Margarida Pinto Correia

Para ver os restantes filmes aceda ao site do Centro Virtual Camões.

A nossa Língua é a nossa pátria e o Dia de Camões é um dia para relembrar as nossa história e a nossa cultura…

Para ouvir parte da história dos nossos reis aceda ao Centro Virtual Camões >> Era uma vez um Rei… Aprenda um bocadinho da nossa história contada e com alguma música pelo meio.

Comments (2) »

Dia Nacional do Cigano

Comemorou-se no passado dia 5 de Junho, o Dia Nacional do Cigano.

A palavra cigano quer dizer “povo tradicionalmente nómada, originário do norte da Índia e que vive espalhado pelo mundo, especialmente na Europa.” in Wikcinonário.

ciganos - maria do carmo

Também nos na nossa escola sede temos desde o passado dia 5 de Junho uma exposição, organizada pela professora Clara Vaz, sobre o Dia do Cigano.

Ser cigano é como uma identidade que todos nós criamos acerca da nossa raça ou cultura. Ser cigano é um orgulho para quem pertence a essa cultura. Na nossa escola temos um aluno que é da raça cigana e não é diferente dos outros meninos. Simplesmente é uma mais valia, porque a coexistência de várias culturas é uma mais valia para as comunidades onde existe a multiculturalidade.

Leave a comment »

Dia Europeu do Vizinho – 26 de Maio

diavizinhos

O protótipo do “Dia Europeu do Vizinho” nasceu num bairro de Paris, em 1990. Atanase Périfan e um grupo de amigos decidiram promover uma festa para “aproximar e mobilizar as pessoas contra o isolamento” criando, para isso, a associação “Amigos de Paris”. Nove anos depois, a festa do 17º bairro parisiense já conseguia mobilizar 800 vizinhos.”….
Celebrado no dia 26 de Maio, em 2007 o evento foi comemorado simultaneamente em cerca de 22 países da Europa. O evento tem atraido mais pessoas a cada ano, na tentativa de ‘aproximar’ vizinhos que moram sozinhos, ou pessoas que há muito vivem num prédio, mas sequer sabem o nome do vizinho do lado.

Texto retirado e adaptado do site Blog da Mulher.com

O site oficial em Portugal, o site Vizinho.eu que apresentam algumas sugestões para uma festa entre vizinhos.

cartazdiavizinhos2009

Uma relação entre vizinhos é um hábito que se deve procurar criar e manter, pois numa situação menos boa de trabalho ou vida familiar são normalmente os vizinhos que costumam ajudar. Crie laços de amizade os seus vizinhos e verá como é bom ter amigos…

Assista ao vídeo que se segue onde se fala do Dia Europeu do Vizinho em Maio de 2008…

Leave a comment »

Dia do Autor Português

Comemora-se hoje, dia 22 de Maio, o Dia do Autor Português…

Criado em 1982 por iniciativa do maestro Nóbrega e Sousa, membro da direcção da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), o Dia do Autor Português é comemorado anualmente a 22 de Maio com diversas manifestações culturais promovidas pela SPA, cooperativa que gere os direitos dos autores portugueses de todas as disciplinas literárias e artísticas.

Excerto  retirado do site Cópia Perfeita

livros_antigos

NÓS, OS QUE VIVEMOS DO AR

(…) Na linha de produção, o escritor é sempre aquele que fica em último lugar. É sempre o elo mais fraco da cadeia. Porque, como todos nós muito bem sabemos, todo o escritor vive do ar. Ou escreve apenas uns livritos como hobby. Ou então a escrita dá-lhe tanto, mas tanto, tanto prazer que só isso já se justifica como paga suficiente – neste mundo em que a generalidade dos mortais trabalha em ofícios que odeia. Que o prazer do trabalho seja pago – eis, para muita gente, a grande heresia.(…)

Texto retirado do site BE/CRE Celeirós

Leave a comment »

Dia da Europa

O que é o Dia da Europa?

Imagem_Alargamento

Em Milão na cimeira de Chefes de Estado e de Governo da União Europeia de 1985 em que se adoptou a bandeira da Europa (doze estrelas douradas num círculo e um fundo azul.), também se adoptou o dia 9 de Maio como o “Dia da Europa”.

Porque foi em 9 de Maio de 1950 que Robert Schuman, um dos “Pais da Europa”, apresentou uma proposta de criação de uma Europa organizada, requisito indispensável para a manutenção de relações pacíficas entre todos os estados Europeus, acabados de sair cinco anos antes de mais uma Guerra que a dilacerou (II Guerra Mundial), esta proposta, conhecida como “Declaração Schuman”, é considerada o começo da criação do que é hoje a União Europeia.

O dia 9 de Maio tornou-se assim num símbolo europeu, o “Dia da Europa”, que, conjuntamente com a bandeira, o hino, o seu lema e o euro a identifica, criando uma identidade política da União Europeia. Este dia constitui todos os anos uma oportunidade para desenvolver actividades e festejos que aproximam os cidadãos às instituições da União Europeia e os povos da União entre si.

“Unida na diversidade” é o lema da União Europeia, este começou a ser usado por volta do ano 2000, e significa que os europeus estão unidos e trabalham em conjunto pela paz e pela prosperidade, e que o facto de existirem diferentes culturas, tradições e línguas dentro da União Europeia é algo de positivo para esta.

Lema nas línguas oficiais da UE:

* Alemão – In Vielfalt geeint
* Búlgaro – Единни в многообразието
* Checo – Jednota v rozmanitosti
* Dinamarquês – Forenet i mangfoldighed
* Eslovaco – Zjednotení v rozmanitosti
* Esloveno – Združeni v raznolikosti
* Espanhol – Unidad en la diversidad
* Estónio – Ühinenud mitmekesisuses
* Filândes – Erilaisuudessaan yhdistynyt / Moninaisuudessaan yhtenäinen
* Francês – Unis dans la diversité
* Grego – Ενότητα στην πολυµορφία
* Holandês – Eenheid in verscheidenheid
* Húngaro – Egység a sokféleségben
* Inglês – United in diversity
* Irlandês – Aontaithe d’ainneoin na héagsúlachta
* Italiano – Uniti nella diversità
* Letão – Vienotība dažādībā
* Lituano – Vienybė įvairialypiškume
* Maltês – Fit-tiżwiq l-għaqda
* Polaco – Jedność w różnorodności
* Português – Unida na diversidade
* Romeno – Uniţi în diversitate
* Sueco – Förenade i mångfalden

Línguas dos países candidatos:

* Croata – Ujedinjeni u raznolikosti
* Macedónio – Обединети во различноста
* Turco – Çoklukta birlik

Texto adaptado a partir “Símbolos da União Europeia”

Dia+da+Europa+San++Francisco

Para complemento de mais informações sobre o “Dia da Europa” sugerimos os seguinte sites:

Se quiser saber mais sobre o funcionamento da Europa consulte o site “Aprender com a Europa

Para melhor conhecer a Europa jogue o jogo “Puzzle Europa” – jogo no qual o objectivo é “Colocar a bandeira de cada país europeu no local correcto o mais rápido possível”

Leave a comment »

Uma Flor para uma Flor…

Na sala de Educação Visual, a professora Margarida Pires ensinou-nos a fazer uma linda flor para oferecermos à Mãe.

Professora Margarida

Utilizámos materiais amiguinhos do ambiente.

Leave a comment »