Posts tagged dia mundial

Dia Mundial do Canhoto

Hoje, dia 13 de Agosto, comemora-se o Dia Mundial do Canhoto…

canhoto

Um canhoto é uma pessoa que prefere o uso da mão esquerda nas tarefas quotidianas, como por exemplo escrever.

Calcula-se que entre 10 a 13% da população humana é canhota.

A causa desta preferência permanece desconhecida, mas foram sugeridas teorias relacionadas com a evolução humana ou condições da gravidez.

Alexandre o Grande, general macedónio
Ayrton Senna, piloto de F1
Charlie Chaplin, actor
Eminem, músico
Greta Garbo, actriz
Jimi Hendrix, músico
Kurt Cobain, músico
Leonardo da Vinci, cientista e pintor renascentista
Napoleão Bonaparte, imperador da França
Pablo Picasso, pintor
Paul McCartney, músico (ex-baixista e vocalista dos Beatles)
Ringo Starr, músico (ex-baterista e vocalista dos Beatles)
Tibério, imperador romano
Tom Cruise, actor

Texto retirado do site Atuleirus

Anúncios

Leave a comment »

Dia Mundial dos Refugiados

oje, dia 20 de Junho de 2009, comemora-se o Dia Mundial dos Refugiados.

Dia Mundial do Refugiado

Mas o que é um refugiado?

É refugiado qualquer pessoa que, em razão de fundados temores (medos) de perseguição devido à sua raça, religião, nacionalidade, associação a determinado grupo social ou opinião política, encontra-se fora de seu país de origem e que, por causa dos ditos temores, não pode ou não quer regressar ao mesmo.

Texto retirado e adaptado a partir do site Wikipédia

De acordo com a Convenção de Genebra de 1951, relativa ao Estatuto de Refugiado, um refugiado é uma pessoa que “receando com razão ser perseguida em virtude da sua raça, religião, nacionalidade, filiação em certo grupo social ou das suas opiniões políticas, se encontre fora do país de que tem a nacionalidade e não possa ou, em virtude daquele receio, não queira pedir a pro­tec­ção daquele país(…)”

Texto retirado do site do Conselho Português para os Refugiados

Dia Mundial dos Refugiados

Sob o lema “Refúgio para a sua Familia – Pessoas Reais, Necessidades Reais“.

Em algum lugar, neste preciso momento, há uma criança a espreitar o mun­do pela porta da sua tenda. Ela não é um mero número estatístico entre milhões de crianças refu­giadas porque é uma pessoa real com necessidades reais. Todos os dias, pessoas em fuga, por vezes multidões, irrompem pela nossa sala de estar através dos tele­jornais. A frequência com que o fazem leva-nos a banalizar o seu sofrimento mas, de facto, tal como nós, são pessoas reais com necessidades reais.

«Pessoas reais, necessidades reais» é o lema da campanha deste ano do Dia Mundial do Refugiado que vamos todos celebrar este sábado, 20 de Junho.

Mensagem do Alto Comissário das Nações Unidas para os refugiados – António Guterres

E porque uma imagem vale mais do que mil palavras, assista ao vídeo da Embaixadora para os refugiados, a actriz Angelina Jolie.

Refugiados – Até quando??

Para este dia e como complemento à informação apresentada aconselha-se os seguintes links:

Leave a comment »

Dia Mundial de Combate à Seca e à Desertificação

A seca e a desertificação são certamente um dos maior problemas que actualmente o Planeta Terra sofre...

Desertificacao

O Dia Mundial de Luta contra a Desertificação e a Seca, 17 de Junho, foi proclamado pela Assembleia Geral da ONU em 1994 (resolução 49/115).
Precisamente nesse dia e ano, foi aprovada a Convenção das Nações Unidas sobre a Luta contra a Desertificação.
Os Estados foram convidados a dedicar o Dia Mundial a sensibilizar a opinião pública para a necessidade de promover a cooperação internacional no domínio do combate à desertificação e aos efeitos da seca, e de aplicar a Convenção das Nações Unidas sobre a Desertificação.
A desertificação é definida como um processo de destruição do potencial produtivo da terra nas regiões de clima árido, semi-árido e sub-húmido seco.
O problema foi detectado nos anos 30, nos Estados Unidos, quando intensos processos de destruição da vegetação e solos ocorreram no oeste americano. Muitas outras situações consideradas como graves problemas de desertificação foram sendo detectadas ao longo do tempo em vários países do mundo:
América Latina, Ásia, Europa, África e Austrália oferecem exemplos de áreas onde o homem, através do uso inadequado e/ou intensivo da terra, destruiu os recursos e transformou terras férteis em desertos ecológicos e económicos.

A desertificação é uma das formas mais alarmantes de degradação do ambiente:
Ameaça a saúde e os meios de subsistência de mais de um bilhão de pessoas.
E estima-se que, todos os anos, a desertificação e a seca causem uma perda da produção agrícola da ordem dos 42 bilhões de dólares.

Texto retirado do site da BECRE do Agrupamento de Escolas de S. Gonçalo

Desertificação

Para mais informações por exemplo, seguir as ligações que se seguem.

O que é a desertificação?:
O que é a desertificação?

Regiões desérticas do planeta:
Regiões desérticas do planeta

Biodiversidade nas áreas desérticas:
Biodiversidade nas áreas desérticas

Como se combate a desertificação, a nível global:
Como se combate a desertificação, a nível global

Desertificação em Portugal:
Desertificação em Portugal

O podemos fazer para combater a desertificação:
O podemos fazer para combater a desertificação

2006 – Ano Inter. dos Desertos e Desertificação:
2006 – Ano Inter. dos Desertos e Desertificação


Para consultar as Zonas de Desertificação, carregue na imagem que se seguem:

Mapa Mundial da Desertificação

Mapa Mundial da Desertificação

Leave a comment »

Dia Mundial do Ritmo Cardíaco – 13 de Junho

Comemorou-se ontem, o Dia Mundial do Ritmo Cardíaco…

Bate Bate Coração...

Sob o lema “Bate, Bate Coração – Sinta o seu Ritmo”, estão à disposição dos portugueses bancas informativas entre as 10h00 e as 18h00 nos hospitais de Santa Maria e Santa Marta (Lisboa), Fernando Fonseca (Amadora), Universidade de Coimbra, distritais de Faro, Santarém e Setúbal, Infante D. Pedro (Aveiro), São Marcos (Braga) e Santo António (Porto). Nestes locais será possível a qualquer cidadão colocar dúvidas aos profissionais de saúde que aceitaram colaborar voluntariamente com a iniciativa e também aprender a medir o ritmo cardíaco com um cartão especialmente concebido para o efeito. Através de folhetos que poderão ser levantados naquelas bancas é disponibilizada informação sobre este problema, causas, mitos, formas de prevenção e tratamento. Outro objectivo é promover a troca de testemunhos entre portadores de “pacemaker” e desfribilhadores, chamando a atenção para um problema “muitas vezes silencioso”, afirma a organização em comunicado, citando o coordenador nacional da campanha, Carlos Morais. A arritmia é uma perturbação do ritmo dos batimentos cardíacos e pode ter consequências fatais quando não é tratada. Os sintomas de alerta são palpitações, fadiga, vertigens, tonturas, transpiração irregular, enfranquecimento, falta de ar, dor no peito e ansiedade. Os autores da campanha alertam que muitas vezes as arritmias não provocam sintomas, motivo pelo qual “grande parte da população desconhece os seus riscos”. A falta de informação é um dos principais factores que podem levar “à morte inesperada, repentina e não acidental, conhecida como morte súbita”. Informação sobre este tema pode também ser consultada na Internet através do endereço www.batebatecoracao.com.

Texto retirado do Blog Síndrome de Brugada

heart_beat

Para saber mais informações sobre alguns temas relacionados com este tema consulte os seguintes links:

Vejamos alguns exemplos práticos em vídeo e alguns mesmos mortais de arritmias cardíacas:


Para descontrair o seu coração das arritmias cardíacas, oiça a canção “Rhythm of my heart” de Rod Stewart

Comments (1) »

Dia Mundial contra o Trabalho Infantil – 12 de Junho

Em seguimento do Dia Mundial da Criança existe o dia Mundial contra o Trabalho Infantil, dia este surgiu para fazer cumprir dentro do possíveis a “Declaração dos Direitos da Criança, onde actualmente está escrito que todas as crianças, independentemente da raça, religião, género e cor, têm direito a:

  • Educação gratuita;
  • Alimentação;
  • Cuidados médicos;
  • Protecção;
  • Ambiente de paz;
  • Afecto, amor e compreensão;”

Não ao Trabalho Infantil

O Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil comemora-se todos os anos a 12 de Junho, e tem como objectivo a conjugação de esforços do movimento global para eliminar o trabalho infantil. Destaca os perigos e os riscos que muitas crianças trabalhadoras enfrentam ainda muito jovens e as políticas necessárias para lutar contra o trabalho infantil.

Este ano, o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil será assinalado em todo o mundo com actividades destinadas a sensibilizar a sociedade para a Educação enquanto resposta certa contra o trabalho infantil.

Hoje, mais do que nunca, as crianças precisam de uma educação e formação de qualidade, que lhes forneçam as competências de que necessitarão para serem bem sucedidas no mercado de trabalho.

Texto retirado do site do Sindicato de Professores do Norte

Dia Mundial contra o Trabalho Infantil

Mais de 200 milhões de crianças continuam a ser forçadas a trabalhar diariamente no Mundo, sendo que «três em cada quatro estão expostas às piores formas de exploração laboral», alertou ontem a Organização Internacional do Trabalho, no âmbito do Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil, que se assinala hoje.

Tráfico humano, conflitos armados, escravatura, exploração sexual e trabalhos de risco são alguns exemplos de actividades a que 75% das vítimas de trabalho infantil estão expostas e que «prejudicam de forma irreversível o seu desenvolvimentos físico, psicológico e emocional».

Em Portugal, e segundo a Confederação Nacional de Acção Sobre o Trabalho Infantil, a fiscalização não funciona «tão bem como deveria», sobretudo em relação às novas formas de exploração como é o caso do chamado «trabalho artístico».

Em declarações à Lusa, a presidente da Confederação, Ana Maria Mesquita, diz que o número de casos e as condições em que a exploração laboral de menores ocorre no País são «substancialmente diferentes» do que acontecia até à década de 90, altura em que correspondia a uma «chaga».

Influência da crise neste flagelo

As comemorações do Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil vão, este ano, salientar os desafios que ainda restam neste combate, sobretudo o trabalho que envolve raparigas e discutir o impacto que a crise económica mundial pode ter no agravamento deste flagelo, bem como enfatizar o papel fundamental da educação na solução do problema.

No entender da OIT, a «abolição efectiva» da exploração laboral das crianças – que «são privadas de direitos básicos, como educação, saúde, lazer e liberdades individuais» – é um «dos maiores e mais urgentes desafios do nosso tempo».

A expansão do acesso ao ensino básico, com muitos países a eliminaram as propinas escolares, e a implementação de programas de transferência social são alguns recentes progressos.

Texto retirado do Blog “Quebrar silêncios, devolver sorrisos

Mude a realidade

Seja responsável e não deixe os seus filhos entrar nesta roda do trabalho infantil. Dê-mos educação aos nossos jovens, que essas serão as ferramentas essenciais para um futuro ambicioso e promissor…

Comments (3) »

Dia Mundial dos Oceanos – 8 de Junho

WOD-logo orange GB

O Dia Mundial dos Oceanos (ou em inglês: World Ocean Day) começou a ser comemorado em 8 de Junho de 1992 durante a Rio-92 (em inglês: Earth Summit) na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Actualmente esta data ainda não foi oficialmente estabelecida pelas Nações Unidas.

O Dia Mundial dos Oceanos tem a finalidade de, a cada ano, fazer um tributo aos oceanos e aos produtos que eles fornecem, tais como frutos do mar.

Os oceanos fornecem um meio de comunicação para o comércio global. A poluição mundial e o consumo excessivo de peixes, tem causado drásticas reduções nas populações de muitas espécies.


Texto retirado e adaptado a partir do site Dia Mundial dos Oceanos na Wikipédia

1 digitavision_0

Seguindo o lema da Rede Mundial dos Oceanos (World Ocean Network) que Preocupe-se com o planeta azul, você pode fazer a diferença!“, vejamos o mesmo lema em várias línguas:


Caring for the Blue Planet, you can make a difference!

Pour l’avenir de la Planète bleue, chacun de nos gestes compte !

Para el futuro del planeta azul, cada gesto cuenta!

Elk individueel gebaar speelt een rol in de toekomst van de blauwe planeet!

Auch Du kannst etwas für unseren Blauen Planeten tun!

Tutti i nostri piccoli gesti sono importanti per il future del Pianeta blu!

Dla przyszłości błękitnej planety liczy się każdy, choćby najmniejszy gest!

Для Счастливого будущего голубой планеты, важно каждый изнаших действий!


Para complemento ao tema desta comemoração sugerimos a visita aos seguintes sites:

Leave a comment »

Dia Mundial do Ambiente – A visita…

Hoje, dia 5 de Junho, Dia Mundial do Ambiente fomos ao Fluviário de Mora (onde se ouve o som da água e tudo azul)
Pelo caminho cantámos canções relacionadas com o ambiente, como as que se apresentam.

fluviario

O que é o ambiente?

O que é o ambiente?

É tudo o que nos rodeia

A agitação da cidade

O sossego de uma aldeia

Tanto são os raios lazer

Como a luz de uma candeia.

O ambiente é o sol

É a chuva e o frio

É o vento a uivar.

São os perfumes no ar.

Gente que vai e que vem

Montras à espera de alguém.

Tu mesmo és ambiente

Defende-o pois na verdade

Assim, defendes-te a ti

E salvas a humanidade.

O que é o ambiente?

É a água que bebemos

É o ar que respiramos

É o ruído que ouvimos

É o lixo que fazemos

São as máquinas que usamos

O ambiente é o mar

São os rios são as árvores

São as aves a cantar

São os carros, os navios

São os animais bravios

São os peixes a nadar.


Gosto de flores

De pássaros a cantar

E das montanhas

E das ondas do mar.

Gosto do pôr do sol

E gosto de cantar:

Bumbalaré,  bumbalaré

Bumbalaré, bumbalaré, bum!


Daremos notícias desta visita brevemente.


Para nos guiarmos e sabermos mais informações acerca do local que iríamos visitar, a nossa professora fez um guião para aprendermos coisas novas.

View this document on Scribd

As fotos da nossa visita

Leave a comment »