Posts tagged combate

Dia Internacional de Combate à Violência contra o Idoso

Feliz Idade

Assinala-se hoje, dia 15 de Junho, o Dia Internacional de sensibilização sobre a Prevenção da Violência Contra as Pessoas Idosas, iniciativa promovida pela INPEA (International Network for Prevention of Elder Abuse), com o objectivo de alertar a sociedade para a necessidade de prevenir e combater este fenómeno.
Reconhecendo que a violência contra as pessoas idosas constitui um problema de saúde pública que afecta a saúde, dignidade e cidadania dos nossos mais velhos, e interfere com as famílias, os prestadores de cuidados e a sociedade em geral, considera-se que o combate à violência exercida contra as pessoas idosas pode contribuir para um futuro mais inclusivo, onde todos são respeitados ao longo do ciclo de vida, nomeadamente no contexto de um envelhecimento activo e saudável.
Neste sentido, aproveitando o envolvimento de diversos peritos e instituições no grupo de trabalho da Direcção-Geral da Saúde para a Prevenção da Violência contra as Pessoas Idosas, e dada a disponibilidade e interesse igualmente manifestados pelo Montepio Geral, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima – APAV e pela Liga dos Bombeiros Portugueses, e reconhecendo o papel da Sociedade Portuguesa de Geriatria e Gerontologia, pareceu oportuno realizar uma sessão de trabalho e reflexão, alargada a outros actores sociais com interesse ou intervenção nesta matéria, e tendente a recolher contributos para posteriores acções de sensibilização mais envolventes, a dinamizar.

Texto retirado e adaptado a partir do site da Direcção Geral da Saúde

Casal de idosos

Anúncios

Leave a comment »

Dia Mundial de Combate à Obesidade

Sendo a obesidade, uma das “doenças” que afecta cada vez mais toda a população mundial, com uma principal incidência cada vez mais nos jovens e em idades mais precoces. É cada vez mais urgente olhar para este como uma doença que pode ser curada se se seguirem determinadas regras em termos de alimentação e hábitos de vida saudáveis…

obesidade infantil

Sabia que…???

Cerca de 5 milhões de portugueses têm peso a mais

O mais recente estudo realizado em Portugal sobre a incidência da obesidade revela dados alarmantes1: mais de metade da população tem excesso de peso, e destes 14,2 por cento são casos de obesidade. Ou seja, no nosso país existe já mais dum milhão e meio de obesos, a quem o Serviço Nacional de Saúde não consegue dar uma resposta adequada.

A obesidade, que a Organização Mundial de Saúde considera “a epidemia do século XXI”, é uma doença crónica e constitui um dos mais graves problemas de saúde pública que o nosso país enfrenta. Apesar da incidência ter aumentado para o triplo nos últimos vinte anos, o tratamento da patologia continua a não ser comparticipado, e o SNS só consegue tratar os casos muito graves, a denominada “obesidade mórbida”.

Em Portugal, o excesso de peso atinge também crianças e jovens e é já motivo de preocupação. A prevalência da pré-obesidade e obesidade em idade pré-escolar, escolar e adolescente é de 31 por cento, com 10 por cento de casos de obesidade.
Os problemas decorrentes da obesidade ultrapassaram a questão estética. A patologia está relacionada com um maior risco de doenças e de mortalidade precoce. Nas doenças associadas destacam-se a diabetes tipo 2 e as doenças cardiovasculares. A diabetes tipo 2, que em cerca de 80 por cento dos casos ocorre em obesos, tem prevalência crescente e neste momento já atinge crianças e adolescentes. As doenças cardiovasculares relacionam-se com estas duas condições – obesidade e diabetes – e são, a par do cancro, uma das grandes causas de mortalidade precoce.

Assim, em 2009, o dia 23 de Maio, Dia Nacional da Luta Contra a Obesidade, transforma-se, por iniciativa da ADEXO – Associação dos Obesos e Ex-Obesos de Portugal, em Dia Nacional de Luto pela Obesidade. Carlos Oliveira, presidente da ADEXO, afirma que “estamos de luto pelas cerca de 9 mil pessoas com obesidade que, desde 2004, morreram e continuam a morrer nas listas de espera para consulta e nas listas de espera para cirurgia de tratamento da obesidade. Estamos de luto, não porque não se tenha feito nada, mas sim porque nada do que está feito que necessite de investimento é implementado pelos serviços do Ministério da Saúde”.

• Em Portugal, a taxa de prevalência da pré-obesidade e obesidade é de 53,6 %
• 14% dos Adultos tem obesidade
• 1,4% dos adultos tem obesidade mórbida
• 31 % das crianças e adolescentes portugueses têm excesso de peso
• A obesidade é a “epidemia do século XXI”

Texto retirado do site Portal do cidadão com deficiência

Veja o video que se segue, no qual se fala e debate as consequências da obesidade:

Em relação ao tema de que estamos a tratar neste post recomendamos a consulta dos seguintes sites para informação suplementar:

Comments (1) »